30/05/2019 15h19

Vigilância epidemiológica alerta sobre aumento do índice de infestação do mosquito Aedes aegypti

índice foi de 8,3%,



 

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Ambiental, divulga o resultado da pesquisa sobre o Levantamento de Índice Rápido Aedes aegypti (LIRAa) realizado no município no mês de maio. O levantamento ocorreu de 06/05 a 10/05, nos quatro bairros do município, onde foram inspecionados 499 imóveis. Portanto constatou-se que realmente a situação é preocupante, o índice foi de 8,3%, o ideal deveria ser menor de 1%.

Sobre os depósitos onde foram encontrados larvas do mosquito, o maior percentual foi em lonas e em segundo lugar caixas de água sem cloro.

Novamente as agentes epidemiológicas relembram que os locais com maior prevalência de focos são em lonas deixadas a céu aberto, pneus com acúmulo de água, caixas de água usadas para coleta de água da chuva, piscina com água parada sem tratamento, vasos de plantas com água parada, lixeiras, bromélias, entre outras. O combate ao mosquito não é uma atribuição apenas da vigilância epidemiológica, mas é tarefa de todos, por isso faça sua parte!



Enviar por e-mail Imprimir