24/01/2019 14h34 - Atualizado em 24/01/2019 14h34

Encontro avalia adesão de programa para comercialização intermunicipal de produtos

SUSAF


Encontro avalia adesão de programa para comercialização intermunicipal de produtos


A administração municipal de Ajuricaba, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, provocou um encontro para esclarecimento em relação a adesão ao SUSAF  (Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte) lançado no ano passado pelo governado José Ivo Sartori e que tem por objetivo a livre comercialização intermunicipal de produtos de origem das agroindústrias familiares. Para falar sobre o assunto, a administração, através da coordenação do vice-prefeito Everton Kirmess, chamou o engenheiro agrônomo da Emater Erni Breitembach. Além de representantes das entidades ligadas na área, estiveram presentes representantes das agroindústrias do município e investidores.

Contudo Breitembach esclareceu que essa nova possibilidade é de fácil ajuste e que os produtores familiares poderão ampliar seus negócios, podendo vender em outros municípios. A possibilidade de comercializar através de consórcio, também foi cogitada.

Contudo a principal dificuldade é em relação aos abatedouros de animais ou aves, que tem prazo de adesão. Os encaminhamentos devem ser feitos até o dia 30 de junho, prazo máximo estipulado pelo decreto.

Os próximos dias serão de encaminhamentos, tanto por parte da administração municipal, que deve aderir o programa, como dos representantes das agroindústrias.

Para o vice-prefeito Kirmess essa será mais uma opção de melhorar a renda das famílias, “tendo motivação para permanecer no meio rural, com emprego e resultados, bem como gerando retorno para o município. O fomento do setor ainda propiciará produtores investirem nessa área e os açougues do município não precisarão mais levar animais tão longe para o abate”, explicou. 



Enviar por e-mail Imprimir