10/03/2017 15h08 - Atualizado em 16/03/2017 13h41

Administração quer ampliar Sala do Empreendedor para fomentar negócios no município

Sala do Empreendedor


Administração cria Sala do Empreendedor para fomentar negócios no município


Interessados em abrir um negócio ou sair da informalidade podem procurar o setor. 

A crescente demanda de solicitação para criar o MEI – Micro Empreendedor Individual, levou a administração municipal a pensar algo maior para o segmento, que visa incentivar a criação de novos empreendimentos e motivar muitos profissionais, de diferentes áreas, a sair da informalidade. Além disso, os profissionais estão assegurados e podem participar de licitações e emissão de notas fiscais para empresas. A proposta de ampliar a Sala do Empreendedor está atrelada a duas secretarias de governo, que é a de Planejamento e Coordenação de Gabinete, e tem a coordenação de Josemar Martins.

Josemar explica que nesses dois meses foram criadas mais de 20 empresas pelo MEI, somando até o momento 209 empresas registradas. O MEI tem o apoio do SEBRAE, que também contribui de alguma forma para o apoio ao segmento. “A ideia é orientar o empreendedor sobre as ferramentas e possibilidades do negócio que ele vai administrar. Queremos ir além de passar as informações necessárias para a funcionalidade, precisamos dar um suporte administrativo para que o seu trabalho, o seu negócio tenha sucesso.

Hoje existem 536 empresas constituídas em Ajuricaba. Destas, hoje 209 são MEI; 229 Micro Empresas e 98 são empresas médias ou grandes.

Um dado que é preocupante são as empresas inativas, que corresponde a 5%. “As pessoas que não estão regulares, principalmente do MEI, precisam atualizar a situação, para que tenham os benefícios ou possam participar dos eventos contratuais. Orientamos aquelas pessoas que não usam o CNPJ ou estão com prestações atrasadas, para que deem baixa do CNPJ, pois vai gerando os débitos e mais tarde dará problemas.

A coordenação da Sala do Empreendedor entrou em contato com o SEBRAE, entidade parceira das empresas, que também dará suporte no projeto. A entidade poderá promover cursos, palestras e até oficinas para treinamento e orientação do futuro empreendedor. Existe um portfólio de diversas opções de pequenas empresas que se tornam um grande negócio pré-elaborado, que identifica cada etapa de um negócio. A pessoa que deseja ter seu próprio negócio poderá escolher a opção de acordo com suas afinidades, capacidade financeira e realidade para o município ou comunidade em que atua.

A intenção da Sala do Empreendedor, conforme explica Josemar, é propiciar uma independência do empreendedor, gerando renda e receita para a família e o município, considerando que muitas atividades de Ajuricaba são realizadas por empresas de outros municípios. Inclusive na Sala do Empreendedor, existem linhas de crédito para empresa já constituída, através do Micro Crédito, para investir equipamento e capital de giro.

Interessados poderão procurar a Sala do Empreendedor na Prefeitura Municipal e falar com Josemar Martins.  

Pequenas Empresas, que pode ser um Grande Negócio

A Sala do Empreendedor oferece pelo menos 300 opções de empresas que pode ser um grande negócio. A ferramenta também dará orientações importantes para que o empreendedor tenha sucesso no negócio. Para isso oferecerá instruções do passo à passo.

Plano de Negócio

A Sala do Empreendedor ainda oferecerá o Plano de Negócio para dar mais sustentação ao negócio do empreendedor. Assim o empreendedor poderá tirar muitas dúvidas e ter a lucidez dos encaminhamentos necessários e capacitação para ser um profissional de sucesso. A Sala do Empreendedor tem a parceria do SEBRAE.



Enviar por e-mail Imprimir